Fã número 1: premiado diretor Elder Fraga finaliza novo curta-metragem

Com um currículo recheado de prêmios, o diretor Elder Fraga acaba de finalizar mais um curta-metragem, Fã número 1, protagonizado pelos atores Ricardo Gelli e Rogério Brito.

Fã número 1: premiado diretor Elder Fraga finaliza novo curta-metragem
AMAZON MUSIC FREE
AMAZON MUSIC FREE
AMAZON MUSIC FREE


À frente de sua produtora que está completando 17 anos de existência, a Fraga Films, Eder já realizou 11 curtas-metragens e três longas-metragens: SP: crônicas de uma cidade real/2018, O artista e a força do pensamento/2021 e Linha de frente Brasil/2021, documentário sobre os profissionais que lutaram nos hospitais contra a pandemia da Covid-19.
Desta vez o curta-metragem tem como roteirista Leonardo Granado e fala do reencontro de João (Brito) e Lucas (Gelli) após três anos de afastamento em razão do assassinato da atriz Nataly. Ainda sofrendo pela perda daquela que os uniu, os cunhados discutem sobre justiça, vingança, fanatismo e perdão.
A trama tem início com o telefonema de Lucas, às três horas da madrugada. Assustado e sem entender o motivo da ligação, João aceita receber a visita do cunhado, que não via há anos, com a condição que eles conversem para chegar a um entendimento. Lucas concorda e ao chegar há um constrangimento entre eles. Aos poucos os dois rompem o silêncio e o passado recente, de muita dor e sofrimento, começa a vir à tona.
O diretor, com imagens entrecortadas ao diálogo, ajuda o espectador a montar o quebra cabeça. Nataly (Niz Souza), irmã de João e casada com Lucas, amava a arte de interpretar e suas peças e filmes faziam muito sucesso. Infelizmente um fã (Adriano Merlini), por excesso de idolatria, pôs fim à carreira da atriz.

No diálogo entre os cunhados, vários temas são discutidos, dentre eles o real sentido de justiça, como a vingança pode substitui-la, além de conceitos filosóficos e teológicos, como o perdão. Textos do dramaturgo William Shakespeare são arrolados para justificar os argumentos.
Toda a ação se passa na casa de João: o diretor usa planos fechados, com a câmera sempre em primeiro plano, o que potencializa a tensão entre os personagens. Elementos sacros (Bíblia Sagrada, escultura da Última Caia) e nomes bíblicos (Lucas, João) formam o contraponto à discussão de vingança dos cunhados. Além do roteiro bem construído e da direção criativa e precisa, Fã número 1 se destaca pela interpretação: Rogério Brito e Ricardo Gelli, com mínimos gestos, encarnam aqueles cunhados com verdade. A sintonia entre eles é impressionante.
O filme agora começa sua carreira pelos festivais de cinema espalhados pelo mundo. Se seguir o ritmo dos longas e curtas antecessores de Elder Fraga, Fã número 1 voltará para casa com a mala recheada de prêmios! E se você ficou curioso, sinta-se convidado para o lançamento que ocorrerá no próximo dia 29 de maio, a partir das 20h30 no Teatro ao Cubo.
Fã número 1 é um curta metragem de 20 minutos que cumpre um objetivo que todo filme deveria ter: contar uma boa história que faça com que o público reflita sobre os fatos apresentados.


Serviço
Lançamento filme Fã Número 1
Local: Teatro ao Cubo – Rua Brigadeiro Galvão, 1010 – Barra Funda
Horário: 20h30
Entrada Gratuita