Bitcoin é um bom investimento para 2023? - CriptoFácil

Bitcoin é um bom investimento para 2023?  CriptoFácil

Bitcoin é um bom investimento para 2023? - CriptoFácil

Ao se aproximar do final de ano, muitos investidores começam a estudar novos projetos, e com isso, formar novas estratégias para seus investimentos no ano seguinte. Tendo em mente que muitos projetos que surgiram em 2021, tiveram um “hype” temporário e acabaram caindo no esquecimento, alguns projetos ainda existem com o preço ridiculamente baixo sem possibilidades de recuperação, outros já nem existem mais, daí que surge a importância de especular novos projetos que sejam promissores para compor uma nova carteira.

O ano de 2022 não está sendo nada fácil para o Bitcoin, isso por resultado de diversos fatores, como o “inverno cripto”, aumento nas taxas de juros em escala global e os riscos de uma recessão econômica envolvendo os Estados Unidos e a Europa pesaram bastante sobre as cotações dos ativos de risco em geral, em especial, as criptomoedas.

As recentes altas na taxa de juros americana favorece a renda fixa, tornando a mais atrativa para os investidores institucionais, de modo que seja mais rentável que eles retirem seu capital que estava em ativos de risco e invista este capital na renda fixa, já que, quanto maior a taxa de juros, maiores são os rendimentos da renda fixa.

Todavia, mesmo em baixa o bitcoin ficou com o título de investimento mais rentável dos últimos 5 anos, chegando a valorizar mais de 1000%, se consolidando como uma ótima opção de investimento para longo prazo. Isso por razão de sua alta credibilidade.

O Bitcoin se tornou tão valioso devido a famosa lei da oferta e procura, além de ser a primeira criptomoeda desenvolvida no mundo, também é a maior criptomoeda em termos de capitalização de mercado, isso, devido a sua credibilidade, o Bitcoin é um meio de pagamento totalmente digital que funciona a mais de 10 anos sem nenhuma intercorrência ou ataque hacker.

Para muitos investidores, o Bitcoin é considerado como um “ouro digital”, pois, assim como o metal, o Bitcoin possui como sua principal característica a sua escassez, que é uma das características positivas que as pessoas atribuem ao ouro, além do mais, o Bitcoin é um ativo totalmente descentralizado, ou seja, não depende de uma autoridade central para intermediar operações, o que torna todo o ecossistema ainda mais seguro.

O atual cenário econômico nos trás incerteza, pois, provavelmente o mundo todo enfrentará uma grande recessão econômica e diversos países vão se encontrar em um momento de dificuldade para crescimento, o que significa que muitos investidores vão preferir se abster de riscos, o que pode acarretar em mais quedas em todos os ativos de risco em geral. Porém, o Bitcoin é um ativo que nos surpreende quando olhamos para o longo prazo, já que em Abril de 2020 o Bitcoin chegou a ser cotado em R$ 36.358, um ano depois, em abril de 2021, um Bitcoin chegou a ser cotado em R$ 308.795.

Sabendo disso, o Bitcoin não só é um bom investimento para 2023, como também para os próximos anos, já que no longo prazo, o Bitcoin sempre se valoriza desde sua criação, inclusive, estando em baixa, reforça o fato de que este é um momento de oportunidade para ter o ativo que mais valorizou nos últimos 5 anos em sua carteira de investimentos.

Fato é momentos de baixa no preço do Bitcoin como esse costumam ser ótimas oportunidades de entrada, desse modo, é válido incluir o Bitcoin em sua carteira de investimentos, porém, com intuito de rentabilidade a longo prazo. Então, lembre se de moderar o valor que será investido, pois, ter uma carteira de investimentos bem diversificada e com projetos consolidados, diminui drasticamente os seus riscos, possibilitando oportunidades de retorno bem maiores.

Atualmente, existem 2 maneiras de comprar Bitcoin. A maneira mais comum é através de corretoras de criptoativos, para isso, basta abrir uma conta na corretora, realizar um depósito em reais e efetuar a compra de Bitcoin. Vale lembrar que você não precisa ter muito dinheiro para comprar Bitcoin, já que ele pode ser fracionado, ou seja, a partir de R$ 10 você já consegue comprar Bitcoin.

Outra forma de comprar Bitcoin é através do P2P. Uma pessoa envia Bitcoins para outra que paga em reais ou na moeda que desejar.

Aviso O texto apresentado nesta coluna não reflete necessariamente a opinião do CriptoFácil.

Leia também Ex marido de Gisele Bündchen será investigado nos EUA por promover a FTX

Leia também Game em blockchain Splinterlands demite 45% da equipe

Leia também Desenvolvedor do Tornado Cash seguirá preso por ‘risco de fuga’, decide tribunal



Google News

Grandes baleias e instituições mantêm interesse em Bitcoin, diz Coinbase - CriptoFácil

Bitcoin é um bom investimento para 2023 - CriptoFácil

Bitcoin volta a cair e criptomoedas entram no vermelho. ETH, XRP, ADA, MATIC e Dogecoin têm prejuízos de até 10% - CriptoFácil

DCG cita tempos difíceis e confirma que tem mais de US$ 500 milhões em empréstimos com a Genesis - CriptoFácil

‘Bit In Rio by 2GO Fintech’ disponibiliza programação em seus dois palcos - CriptoFácil

Binance faz investimento estratégico em fabricante de carteiras de hardware - CriptoFácil

Huobi e Poloniex podem se fundir no futuro, diz Justin Sun - CriptoFácil

Em um mercado em baixa de cripto games, o que pode fazer eles darem certo - CriptoFácil

Interpol prende 975 pessoas em operação envolvendo crimes com criptomoedas - CriptoFácil

MicroStrategy teria lucrado R$ 8 bilhões a mais se tivesse investido em ETH - CriptoFácil

Mesmo com correções, Bitcoin supera valorização dos índices de bolsas de valores desde 2017 - CriptoFácil

Banco do Brasil anuncia investimento na empresa de Bitcoin Bitfy - CriptoFácil